Curso | 90 horas
ANIMAÇÃO TURÍSTICA
Inicio 19 de Outubro’19
Área de formação: Turismo e lazer

ENQUADRAMENTO
A animação turística enquanto ferramenta pedagógica de emancipação de turistas, populações autóctones e agentes contribui para o desenvolvimento dos territórios e serve de cartaz para impulsionar a diferenciação de um destino turístico.

O curso de animação turística visa sensibilizar e motivar para o potencial da animação turística e do papel dos agentes quando a utilizam como atividade económica e social.

O novo turista, procura novos serviços e novas experiências, mais do que destinos ou produtos, busca emoções especiais para vivenciar e recordar. A animação é transformar situações normais em situações divertidas, agradáveis e lúdicas.

DESTINATÁRIOS
Profissionais do setor do turismo.
Operadores e agentes de animação turística.
Guias e técnicos de turismo.
Qualquer pessoa que procure uma carreira profissional no âmbito do turismo e lazer.

OBJETIVOS
Potenciar a oferta de AT no meio envolvente, cultural, social e económico;
Envolver as comunidades locais na transmissão da autenticidade das iniciativas;
Conceber programas e conhecer a cadeia de valor e os intervenientes de AT;
Atribuir um carácter educativo aos programas de acordo com as características dos participantes;
Conferir os conhecimentos necessários à organização, gestão e planeamento de atividades de AT.

PLANO DE FORMAÇÃO
O sistema turístico
O Lazer e o Recreio
A Animação Turística
O Animador Turístico
A animação turística desportiva e cultural
As atrações turísticas e a importância para os destinos
Planeamento e Organização de projetos de Animação Turística 
Primeiros Socorros e SBV

AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS
Organiza, coordena e dinamiza programas de animação turística;
Identifica e caracteriza as necessidades do seu público-alvo;
Promove acontecimentos de âmbito geral;
Identifica as necessidades de ordem material, técnica e humana para a execução dos programas;
Estabelece contactos e trabalha em equipas multidisciplinares.

MÉTODO DE APRENDIZAGEM
Exposição de conteúdos;
Realização de Trabalhos;
Visualização de vídeos;
Visitas de estudo;

AVALIAÇÃO
Trabalho prático – 50%
Trabalho escrito – 50%

PRÉ-REQUISITOS
Ter mais de 18 anos
Escolaridade mínima: 12º ano

FORMADORES
Ana Paula Carvalho
Certificação (CAP EDF 25057/2004);
Coordenação Pedagógica de Formação Profissional na área de turismo e lazer.
Mestranda em Turismo e Ambiente, no IPL-ESTM, Peniche.
Licenciatura em Sociologia, pelo ISCTE;
Docente em Organização de Eventos em Enoturismo, Pós graduação Wine Business, IPL-Torres Vedras;
Sócia-fundadora do Centro de Turismo do Oeste
Sócia-fundadora e presidente da direção da Associação de Marchas e Passeios CTV

CARGA HORÁRIA E CALENDARIZAÇÃO
Inicia a 19 de Outubro 2019
Total de 90 HORAS
Realização aos sábados das 09h00 às 18h00
Local de realização: Rua José Manuel da Silva Fialho, Nº 1
2565-282 Freiria, Torres Vedras

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E DE INSCRIÇÃO
Valor total: 235,0€ (IVA incluído)
Para se inscrever por favor solicite a ficha de inscrição para o email: formacao@ctoeste.pt
As inscrições serão consideradas válidas após a receção da ficha de inscrição e do comprovativo de pagamento.
CERTIFICAÇÃO
Emissão de certificado de competências, descritivo do nº de horas, descritivo dos conteúdos programáticos.
A certificação é da inteira responsabilidade do Centro de Turismo do Oeste em parceria com a AMPCTV.
Os formadores possuem a qualificação técnica e prática à atividade.
O nº de horas de formação serve para o cumprimento das 40 horas de formação previstas na Lei n.º 93/2019 de 4 de setembro.

Para se inscrever por favor solicite a ficha de inscrição para: formacao@ctoeste.pt

BIBLIOGRAFIA
Almeida, P. (2003). A contribuição da Animação Turística para o aumento das taxas de ocupação de uma região. Tese de mestrado. Universidade de Aveiro.
Almeida, A.S.A., Almeida, P. (2012). Introdução à gestão de animação turística. Edições Lidel. Lisboa.
Amirou, R. (2008). Imaginário turístico e sociabilidades de viagem. APTUR. Porto.
Cunha, L. & A. A. (2015). Introdução ao Turismo.5ª Ed. Lidel. Lisboa.
Krippendorf, J. (1989). Sociologia do Turismo. Rio de Janeiro, Editora Civilização Brasileira, S.A.
Parker, S. (1978). A sociologia do Lazer. Rio de janeiro. Zahar Editores.

Para se inscrever solicite por favor a ficha de inscrição para o email: formacao@ctoeste.pt 

Consulte o REGULAMENTO DA FORMAÇÃO

















©2019 Centro de Turismo do Oeste