CURSO DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA
7 de Março – 6 de Junho

APRESENTAÇÃO
O Curso de Animação Turística que apresentamos vai ao encontro dos compromissos da OMT (Organização Mundial do Turismo) para a sustentabilidade dos territórios e as relações dos visitantes com o património.

Propomos sensibilizar e motivar os profissionais que já trabalham e os que pretendem trabalhar no setor da animação turística para o potencial das comunidades autóctones e dos produtos endógenos enquanto agentes de autenticidade dos territórios e promotores do desenvolvimento sustentável entre comunidades e turistas.
O curso de animação turística impulsiona o papel do turismo no desenvolvimento local, descentralizando a atratividade e diferenciando o destino turístico. O novo turista procura a diferença e novas experiências, mais do que destinos ou produtos, procura emoções e recordações, os agentes de turismo procuram novos clientes e a fidelização dos atuais, a formação serve a qualidade do serviço e a distinção do profissional.

OBJETIVOS
Conhecer a oferta turística e o meio envolvente: cultural, social e económico;
Relacionar o serviço de animação turística com as comunidades e os produtos locais;
Conceber projetos segundo a cadeia de valor e os intervenientes de Animação Turística;
Identificar as necessidades locais e realizar programas de acordo com as características dos visitantes;
Conhecer a organização, gestão e planeamento de atividades de Animação Turística.

DESTINATÁRIOS
Para os efeitos da Lei n.º 93/2019 de 4 de setembro do Código do Trabalho, qualquer pessoa profissional, coletiva ou individual.
Profissionais do setor do turismo.
Operadores e agentes de animação turística.
Guias e técnicos de turismo.
Outros que procuram uma carreira profissional no âmbito do turismo e lazer.

PRÉ-REQUISITOS
Ter mais de 18 anos
Escolaridade mínima: 12º ano (obrigatório)

MODALIDADE DE FORMAÇÃO
Curso de Formação (Avaliativo) 
ÁREA DE FORMAÇÃO
Turismo e lazer

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA
Ana Paula Carvalho

METODOLOGIAS DE REALIZAÇÃO DA AÇÃO
24h – Aulas teóricas
24h – Aulas teóricas e práticas (trabalho de campo e pesquisas)
8h – Visita de Estudo
8h – Ação de formação em primeiros socorros
36h – Realização de um projeto de animação turística, avaliação final e apresentação oral dos trabalhos de grupo.

CRONOGRAMA










CONDIÇÕES DE AVALIAÇÃO
A avaliação é sumativa sendo obtida através da realização de um relatório final de projeto de animação turística, mais a participação individual nas aulas (atividades a desenvolver, individualmente e em grupo, pontualidade e assiduidade), com classificação entre 0 e 20 valores.
Para a obtenção do certificado é necessário que os formandos assistam a 90% da duração do curso.

CARGA HORÁRIA
90 horas

FORMADORES
Ana Paula Carvalho, Henrique Cabral, Bombeiros Voluntários da Lourinhã

CONTEÚDOS DA AÇÃO
O Processo de Animação Turística
O Sistema Turístico e Empreendedorismo
O Lazer e o Recreio
Sustentabilidade Turística
Recursos endógenos e o papel dos agentes turísticos
Nível profissional do Animador Turístico
Constituição das Empresas de Animação Turística
O marketing e a promoção no Turismo
Recursos e ferramentas digitais no Turismo
Planeamento, Organização e Gestão de projetos de Animação Turística
Primeiros socorros e ações de emergência

AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS
Organizar, coordenar e dinamizar programas de animação turística;
Identificar e caracterizar as necessidades dos clientes;
Promover acontecimentos de âmbito geral;
Identificar as necessidades de ordem material, técnica e humana na execução dos programas de animação turística;
Estabelecer contactos e trabalhar com equipas multidisciplinares.

MÉTODO DE APRENDIZAGEM
Exposição de conteúdos;
Realização de Trabalhos;
Visualização de vídeos;
Visitas de estudo;

CARGA HORÁRIA E LOCAL DE REALIZAÇÃO
Aulas: sábados das 09h00 às 18h00
Local: Rua José Manuel da Silva Fialho, Nº 1 | 2565-282 Freiria, Torres Vedras

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E DE INSCRIÇÃO
Inscrição: 245,0€ (IVA incluído)
Para se inscrever deve solicitar a ficha de inscrição para o email: formacao@ctoeste.pt
As inscrições serão consideradas válidas após a receção da ficha de inscrição e do comprovativo de pagamento.

BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA
Almeida, P. (2003). A contribuição da Animação Turística para o aumento das taxas de ocupação de uma região. Tese de mestrado. Universidade de Aveiro.
Almeida, A.S.A., Almeida, P. (2012). Introdução à gestão de animação turística. Edições Lidel. Lisboa.
Amirou, R. (2008). Imaginário turístico e sociabilidades de viagem. APTUR. Porto.
Cunha, L. & A. A. (2015). Introdução ao Turismo.5ª Ed. Lidel. Lisboa.
Krippendorf, J. (1989). Sociologia do Turismo. Rio de Janeiro, Editora Civilização Brasileira, S.A.
Parker, S. (1978). A sociologia do Lazer. Rio de janeiro. Zahar Editores.



CONSULTE O REGULAMENTO DA FORMAÇÃO